Vitamina D e Sistema Imune


Dia da Imunização

Dia 09/06 é o dia nacional da imunização. Quando pensamos em vacinas, pensamos na prevenção de doenças. Já pensou em prevenir doenças mantendo níveis sanguíneos adequados de Vitamina D?

A Vitamina D é um hormônio esteroide produzido a partir do colesterol na pele através da radiação solar UVB. Exerce controle direto na ativação de 229 genes, porém estima-se que controle indiretamente mais de 2000 genes. Os receptores de Vitamina D estão presentes em todas as células, órgãos e tecidos humanos.

Sempre lembrada por sua ação no metabolismo do cálcio e fósforo, pesquisas tem associado a falta de Vitamina D no organismo a algumas doenças como esclerose múltipla, artrite reumatoide, obesidade, síndrome metabólica, diabetes mellitus tipo 1, lúpus eritematoso sistêmico, osteoartrite, doença inflamatória intestinal, entre outras.

As fontes alimentares são restritas (sardinha, salmão, atum, camarão, manteiga, fígado, ovos, leite, cogumelos, queijo) e mesmo que os alimentos sejam ingerido de maneira diária não fornecem aportes adequados. A diminuição da exposição solar e o envelhecimento (menor síntese cutânea a partir dos raios solares) são fatores que contribuem para sua deficiência.

A vitamina D também está envolvida na regulação imunológica. Na ausência de níveis circulantes ótimos o organismo humano torna-se incapacitado de regular adequadamente a resposta imunológica à patogenicidade do agente invasor.

Outro componente do sistema de defesa é um grupo de proteínas chamadas catelecidinas ou Peptídeos Antimicrobianos; sua função é danificar a membrana externa dos patógenos (vírus, fungos, bactérias), tornando-os vulneráveis ao ataque do sistema imunológico. Recentes estudos confirmam que a Vitamina D provoca uma super regulação na síntese das catalecidinas.

Por conta dos avanços nessas pesquisas, agora é possível compreender o papel dramático da Vitamina D na proteção contra múltiplas formas de infecção. Estudos mostram também que crianças com baixos níveis séricos de Vitamina D tem um aumento de 11 vezes na incidência de infecções do trato respiratório.

Tendo como base as conclusões de significativos estudos publicados nos últimos seis anos, o novo nível mínimo adotado para prevenção de doenças foi elevado para 50ng/mL.

Acima estão listados apenas alguns dos benefícios do “Hormônio D”. Procure um médico para orientações quanto a dosagem e suplementação.

Referencias
Michael F Holick, et al. Vitamin D: Physiology, Molecular Biology and Clinical Applications. 2013, Human Press
Bischoff-Ferrari HA. The 25-hydroxy-vitaminD threshold for better health. J Steroid Biochem Mol Biol. 2007 Mar;103(3-5):614-9.
Cannell JJ, Vieth R, Umhau JC,etal. Epidemic influenza and vitaminD. Epidemiol Infect. 2006 Dec;134(6):1129-40.
Zittermann A. Vitamin D in preventive medicine: are we ignoring the evidence? Br J Nutr.2003May;89(5):552-72
Holick MF. High prevalence of vitamin D inadequacy and implications for health. Mayo Clin Proc.2006Mar;81(3):353-73.
Grant WB, Holick MF. Benefits and requirements of vitamin D for optimal health: a review. Altern Med Rev.2005Jun;10(2):94-11.
Genome Res. 2010 20: 1352-1360 doi:10.1101/gr.107920.110